Empreender é complexo. Envolve iniciativa, inovação, garra, coragem, paciência… Empreender no Brasil, então, com uma taxa de mortalidade de empresas girando em torno de 60%, é mais difícil ainda.
Segundo estudos do Sebrae, a maioria das empresas não planeja itens básicos das suas atividades e nem procuram profissionais especializados. Essa falta de conhecimento é uma estrada pavimentada para o seu fracasso: É preciso estar atento a alguns “pecados capitais” que são decisivos no sucesso ou fracasso do seu negócio

  • Não discutir o contrato da sociedade: A harmonia e a disposição de todos no começo de um negócio podem não durar para sempre. Como lidar, por exemplo, com a saída de um sócio? A assessoria na construção do contrato social permite visualizar os problemas que podem acontecer, se preparando para as mais diversas situações.
  • Não pensar na relação com os colaboradores:  Problemas com empregados, envolvendo produtividade ou relacionamento, sempre aparecem. É preciso ter à mão as informações necessárias para tomar as melhores decisões para sua empresa.
  • Não pensar na inadimplência: Cobrar dívidas é desgastante e rouba tempo precioso da produtividade do empreendedor. Delegar esta atividade para uma equipe de cobranças é fundamental para o empresário manter o foco no que realmente importa.
  • Não se consultar com profissionais especializados: Se você tem problemas legais, apenas sum advogado poderá te ajudar. Amigos e parentes, mesmo que torçam por nós, não conseguirão solucionar problemas complexos do seu negócio. Não dispense a assessoria de um profissional confiável para solucionar problema.
  • Deixar tudo “para amanhã”:  Já dizia o poeta: “Cada minuto é um milagre que não se repete”. Não espere a bomba explodir, não espere o pior acontecer. Pode ser tarde demais. Tenha sempre em mente que o empresário de sucesso é aquele que consegue solucionar os problemas que ainda não apareceram. Se organize, esteja preparado e conte com uma assessoria confiável para te ajudar.